112 vagas de trabalho para quem fala português - SWISS QUESTIONS
Welcome

112 vagas de trabalho para quem fala português

Definitivamente, a Suíça é um paraíso. Não foi sempre assim, até 1960 as cosias foram muito difíceis com muitas histórias de fome, desespero, refugiados e emigração.

Até o início da primeira guerra mundial, a Suíça era basicamente agrária. Pequenas fazendas se espalhavam por um território montanhoso e pedregoso, coberto 3 meses por anos de neve e mais três de geada.

Durante as duas guerras mundiais e a crise de 29, ou seja, por um período de quase 50 anos, a fome e a desolação foram a regra. Inclusive nas riquíssimas Zurique e Genebra, famílias inteiras pereceram pela fome ou fugiram, emigrando para territórios mais promissores, como o Brasil (história da minha família). Simplesmente não havia comida nem emprego.

Hoje, aqui se vive uma crise econômica, com direito a referências com a América Latina. O preço básico da vida é pelo menos 40% mais caro que no resto da Europa. Mas, com uma diferença, os materiais de subsistência, apesar de caros, estão disponíveis e, principalmente, empregos não faltam.

Como sempre, antes de escrever sobre a empregabilidade, corri acessar o jobs.ch. A maior plataforma de busca de empregos da Suíça. São 18 mil vagas de emprego para a região de Zürich. Falo de vagas anunciadas em sites de emprego. Calcule que, na faixa de emprego normalmente ocupadas por imigrantes, as vagas são passadas de boca-a-boca.

O site oferece padrões de busca específicos. Por exemplo, você pode refinar sua busca para vagas que exijam a língua portuguesa. Isso parece um pouco ridículo, mas, na Suíça são quase 500 mil residentes que tem como língua materna o Português. Aliás, a população que fala português é maior que a que fala o Italiano (uma das 4 línguas oficiais da Suíça). Então, bancos, empresas de prestação de serviço e da área médica, buscam com frequência, profissionais habilitados na língua portuguesa.

Fiz a busca agora, são 112 vagas abertas com referência à busca de “Portuguiesisch”. Construção civil, banco, empresas de logística internacional e até escolas buscam profissionais qualificados em suas áreas e com o apêndice da língua portuguesa.

Lembre-se que, como os processos seletivos aqui são levados a sério, em geral são morosos e lentos, é preciso organizar-se. Quanto mais organizados para os padrões exigidos estiverem seus documentos, mais facilmente você conseguirá aplicar-se para a vaga e obter sua resposta.

Dê uma buscada no link abaixo e surpreenda-se com as oportunidades que te esperam.

112 vagas em português.

Swiss Questions

Raul de Freitas Buchi

Leave a Reply

%d bloggers like this: